logo-playkidsapp
Assine agora com 15% OFF no plano mensal!

O que podemos aprender com a Turma da Mônica?

por | dez 13, 2021

Novos desenhos animados e histórias em quadrinhos são lançados todas as semanas. Por isso, é normal que você e seus filhos não assistam ou leiam as mesmas coisas durante a infância. Porém, aqui no Brasil, temos uma exceção famosa a essa regra: a Turma da Mônica.

A primeira tirinha do que viria a se chamar Turma da Mônica foi lançada em um jornal em 1959. Nessa história, os protagonistas eram o Bidu e o Franjinha. Nossa querida baixinha só foi criada em 1960, junto ao Cebolinha. A partir daí os dois viraram os personagens principais dessa história.

Os quadrinhos que giram em torno do bairro do Limoeiro já geraram diversas séries paralelas, como a Turma do Chico Bento, a Turma da Tina e a Turma do Penadinho. Em 2008, a Mônica ganhou uma versão mais moderna, criada para adolescentes, chamada de Turma da Mônica Jovem.

As histórias em quadrinhos que marcaram gerações, agora estão disponíveis no PlayKids App, para encantar e divertir toda a família. Mas elas fazem mais do que isso: também ensinam lições valiosas!

Confira abaixo o que podemos aprender com a Turma da Mônica.

Leia mais:
5 desenhos sobre a importância da família e amigos
5 desenhos para conversar sobre medo com as crianças
5 desenhos com protagonistas negros

Representatividade importa!

 

A Turma da Mônica é famosa por sempre se adaptar ao mundo em que vivemos e trazer histórias atuais. É assim que ela vem se mantendo relevante por mais de sessenta anos. E uma das coisas mais importantes que ela faz é sempre trazer personagens diversos e contar histórias de diferentes pontos de vista.

A história Cadeiras, da edição nº 52 da Magali, é um ótimo exemplo disso. Nessa história, o personagem Luca apresenta uma grande companheira do dia a dia: sua cadeira de rodas. Ele mostra como a cadeira possibilita que ele tenha autonomia, vá a diversos lugares e pratique esportes.

Enquanto muitas narrativas sobre pessoas com deficiência são desencorajadoras, essa faz o contrário. Usar a cadeira de rodas não deixa o personagem triste, e sim o faz mais independente e motivado. É essa a representatividade que queremos ver!

Outra personagem que fomenta a diversidade na Turma da Mônica é a Dorinha. Ela é uma menina cega, que frequentemente é representada com seu cão-guia, Radar. Sua primeira aparição foi na edição nº 221 da coleção principal, em novembro de 2004.

Resolução de conflitos

Não é preciso dizer que em toda historinha da Mônica existe um conflito, e que ele quase sempre parte do Cebolinha. Afinal, ele não consegue parar de bolar planos para roubar o coelho de pelúcia da Mônica e se tornar o dono da rua.

Por isso, a maioria das histórias envolve uma resolução de conflitos. Os personagens se preocupam, mas colocam a cabeça para funcionar e chegam a uma solução. É assim em De Volta para o Início, do nº 52 da Mônica.

Mas nessa história, Mônica e Cebolinha precisam trabalhar juntos. Isso porque o pai da Mônica coloca uma caixa de correio na frente de casa e, dessa caixa, versões antigas da Mônica e de outros personagens vêm para o presente. O problema é que, se eles não existirem no passado, a Mônica e o Cebolinha do futuro também vão desaparecer. Uma história interessante e cheia de reviravoltas!

Valorizar o brincar e o presente

Uma das lições mais valiosas que os adultos podem aprender com a Turma da Mônica é não perder o carinho e a simplicidade da infância. As crianças também enxergam essa mensagem nas histórias e, sem dúvidas, levam para o resto da vida.

Na história Aprendendo com a Irmã, do nº 52 do Cebolinha, vemos o Cebolinha brincando com sua irmã mais nova. Quando ele imita o lobo mau, a menina dá um beijo em seu rosto, para que vire um “lobo bom”. Depois disso, quando a Mônica fica braba com ele, o Cebolinha faz a mesma coisa, dando um beijo na amiga. E não é que funciona?

A história mostra como é importante mantermos o sentimento de afeto, valorizar o presente e nos mantermos crianças.

Aceitar ajuda e ajudar o outro

Muitas das histórias da Turma da Mônica são sobre a importância da colaboração. Esse é um tema importante para tratar com as crianças, porque precisa ser aprendido desde cedo. Quando sabemos colaborar, fica mais fácil fazer amigos, aprender e, no futuro, trabalhar.

Na história Notícias Falsas, da edição nº 52 da Magali, isso fica bem claro. A história começa, na verdade, com outra lição importante: espalhar notícias falsas pode afetar muito a vida de uma pessoa. Nesse caso, a Denise espalha pelo bairro que a Mônica disse que o Cebolinha ainda faz xixi na cama, e tudo isso é mentira.

Mas a Magali ajuda Denise a entender como está errada e, no fim das contas, elas colaboram para consertar esse erro. Afinal, errar é humano. O importante é aceitar a ajuda para consertar o que está errado.

Turma da Mônica e o valor de uma amizade

Ensinar as crianças a dividir seus brinquedos, não incentivar o egoísmo e saber fazer amigos são todas lições importantes. E a Turma da Mônica é expert em ensiná-las desde o começo. Não é à toa que a turma cresce a cada dia mais.

Na história Para Se Divertir, Tem Que Saber Dividir, do nº 49 do Cebolinha, é o Bidu quem aprende essas lições. Empolgado com a bolinha nova que ganhou do Franjinha, o cachorro mais amado do bairro do Limoeiro não quer que ninguém encoste no seu brinquedo. Os outros cachorros tentam brincar junto, mas ele não deixa.

No fim das contas, ele consegue ficar sozinho com a bolinha. Mas percebe que não ter ninguém para brincar deixa a novidade bem menos divertida. Por isso, chama todos os cachorros para brincar com ele.

Essa é uma lição importante na infância, mas acaba servindo para a vida inteira. Assim como todas as lições da Turma da Mônica.

As histórias em quadrinhos do bairro do Limoeiro são divertidas e envolvem crianças de todas as idades. Sendo assim, são ótimas para incentivar o prazer da leitura e ensinar valiosas lições. É uma fórmula que vem funcionando a diversas gerações, e está aqui para ficar.

Seus filhos já conhecem a Turma da Mônica? Se não, aproveite essa oportunidade de apresentar os seus personagens preferidos para eles, no PlayKids App.

Com o PlayKids App, as crianças aprendem o tempo todo! São jogos, desenhos, livros e atividades para brincar e se desenvolver. Quer saber mais? Clique aqui e acesse nosso site!

Categoria:
PlayKids
Escrito por Equipe do Blog PlayKids

Escrito por Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.
2 e-books para aproveitar as férias com as crianças. Baixe agora.

Nossas Redes Sociais

PlayKids News

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Assine agora com 15% OFF no plano mensal!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 3 =

Mais Posts
O desafio da defasagem escolar

O desafio da defasagem escolar

O desafio da defasagem escolar é uma questão importante a ser debatida. Seja entre educadores, líderes escolares e também pelos pais. Durante a pandemia, as escolas fecharam, os alunos tiveram contato com outro método de aprendizagem e todas essas mudanças podem...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest