logo-playkidsapp
Fun Friday PlayKids - A diversão tá ON e o preço tá OFF! 17% OFF no plano anual

Por que criar crianças empoderadas?

por | nov 18, 2021

A palavra empoderamento vem sendo cada vez mais usada em diferentes contextos. Falamos disso, principalmente, como parte do trabalho de movimentos sociais. Porém, isso não está longe da realidade de ninguém, principalmente quem tem filhos. Afinal, por que criar crianças empoderadas?

Leia mais:
Como fortalecer as relações familiares?
Precisamos tomar cuidado na forma de falar com as crianças
Conecte-se com o mundo da criança: brinque!

Neste post, vamos falar sobre o que é empoderamento e mostrar como isso pode ser importante na infância. Então, vamos dar dicas valiosas para pais que querem criar seus filhos mais empoderados, com consciência do seu valor na sociedade.

Continue sua leitura e saiba mais!

O que é empoderamento?

Empoderar é um conceito amplo e, por isso, seu significado acaba sendo um pouco perdido. Ao mesmo tempo, ele é simples: é o ato de dar poder a alguém ou algo, criando a oportunidade para que esse poder seja exercido.

O conceito é muito ligado a movimentos sociais. Por exemplo, o movimento feminista fala sobre empoderar as mulheres. O movimento antirracista, sobre empoderar minorias raciais.

Na prática, os resultados podem ser diferentes. Uma mulher empoderadas pode se sentir segura para sair de um relacionamento abusivo, ou para abrir o próprio negócio. Uma pessoa negra empoderada pode decidir parar de alisar seu cabelo crespo, ou denunciar um caso de racismo na empresa em que trabalha.

Mesmo que os resultados sejam variados, podemos ver que eles partem do mesmo princípio: uma pessoa empoderada encontra a força, a confiança e a coragem para tomar seu próprio poder. A autoestima melhora, e a pessoa começa a impor sua voz na sociedade. Nesse caso, por que criar crianças empoderadas é importante?

Por que criar crianças empoderadas?

Quando se fala de empoderamento, é normal vermos histórias de pessoas que cresceram sem confiança na própria voz. Pessoas que passaram por situações tristes e difíceis porque não conheciam sua força. Elas aprenderam a se posicionar já adultas e, hoje, ajudam outros adultos a encontrar essa capacidade interna.

Porém, o que aconteceria se essas pessoas já fossem empoderadas desde a infância? Elas não teriam passado por situações tristes e difíceis. Elas teriam encontrado outras maneiras de atingir o que queriam, ou teriam imposto seus limites para não sofrerem.

Por isso, empoderar crianças é uma missão especial. Crianças empoderadas se sentem mais confiantes para expressar suas vontades e mostrar limites. Elas se sentem mais confortáveis com as próprias emoções e conseguem conversar com os pais quando algo está errado.

Na prática, crianças empoderadas conseguem se defender — ou mesmo pedir ajuda — em situações difíceis. Por exemplo, quando estão sofrendo bullying ou passando por situações de assédio sexual.

Elas também têm uma maior capacidade de expressar seus gostos, habilidades e talentos. Sendo assim, crianças empoderadas têm o que é preciso para se tornarem adolescentes confiantes e adultos satisfeitos.

Como criar crianças empoderadas?

Agora você já sabe por que criar crianças empoderadas. Mas como fazer isso? Empoderar é uma maneira de gerar autoestima e autoconfiança. Logo, não é uma tarefa simples. Porém, você pode fazer isso com atitudes diárias que vão ajudar seu filho nessa jornada.

Confira abaixo algumas dicas para criar crianças empoderadas:

Não diminua seu filho a estereótipos de gênero

Você conhece os estereótipos de que estamos falando. Rosa é cor de menina. Meninas não podem jogar bola. Meninos não ajudam a limpar a casa. Meninas não podem ser muito fortes ou falar muito alto. Meninos não podem chorar, cozinhar, dançar ou gostar de certos estilos musicais.

Muitos pais acreditam que isso é inofensivo. Mas, além de se refletir negativamente na sociedade, esses estereótipos podem deixar as crianças inseguras e com medo de se expressarem. Um menino que ama dançar, por exemplo, vai ficar com vergonha e esconder dos pais e dos amigos o que gosta de fazer.

Crianças empoderadas não têm vergonha do que gostam. Elas se sentem livres e seguras para se expressarem. Em um ambiente assim, crescem confiantes e habilidosas. Não deixe os estereótipos de gênero diminuírem os gostos e talentos dos seus filhos.

Converse sobre questões raciais

A identidade racial é muito importante para o empoderamento de crianças que pertencem às minorias raciais, como crianças negras, asiáticas e indígenas. Desde muito cedo, essas crianças passam por situações de racismo.

Sendo assim, elas precisam aprender ainda na infância como se posicionar diante dessas situações. Pode ser difícil e, muitas vezes, doloroso. Mas quanto mais confortável elas estiverem com suas identidades, melhor vão se sentir na própria pele.

Questões raciais também devem ser discutidas com crianças brancas. Isso evita casos de racismo nas escolas e estimula uma educação antirracista.

Ensine a criança e se valorizar

Os padrões de beleza estão cada vez mais inatingíveis. Há alguns anos, o preço do padrão eram dietas intermináveis e exercícios físicos exaustivos. Hoje, são cirurgias plásticas e mil filtros de embelezamento. E as crianças são constantemente expostas a isso.

Ensine as crianças a valorizarem suas belezas próprias e naturais. Principalmente, crianças que pertencem às minorias raciais. Mostre que há beleza em todo tipo de rosto, de cabelo e de corpo.

Mas vá além da beleza. Estimule a autoestima do seu filho quando se trata de seus traços de personalidade, da inteligência e da bondade com os outros. Isso se aplica a todos, mas principalmente às meninas. Elas são muito cobradas por suas aparências, e acabam deixando de lado outras características importantes.

Evite comparações, não deixe que façam piadas com o peso ou físico dos pequenos e ensine-os a respeitar os traços que não gostam no corpo. Assim, você criará um adulto forte e pronto para lidar com as adversidades da vida.

Valide as opiniões e sentimentos do seu filho

Muitos pais acreditam em criar crianças empoderadas. Outras, temem sua independência emocional. Isso se estende, em muitos casos, aos sentimentos: sempre que a criança está triste, frustrada ou com raiva, os pais diminuem essas emoções para “birra de criança”.

Para criar crianças empoderadas, escute o que seu filho tem a dizer. Mesmo que isso não impacte suas decisões, deixe que ele expresse opiniões. Converse com ele como conversaria com qualquer um.

Quando ele demonstrar alguma emoção forte, não chame isso de birra. Crianças muito novas ainda não entendem o que estão sentindo. Ajude-o a explicar seus sentimentos e fale com ele sobre o assunto. Isso vai ajudá-lo a se expressar melhor, com o tempo.

Agora que você já sabe por que criar crianças empoderadas e já tem algumas ferramentas para fazer isso, comece a aplicá-las imediatamente. Assim, seu filho vai crescer mais confiante e poderoso.

No Blog PlayKids, você encontra tudo o que precisa saber sobre tecnologia, educação, parentalidade e desenvolvimento infantil, além dos lançamentos e novidades do PlayKids App. Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Categoria:
Família
Escrito por Equipe do Blog PlayKids

Escrito por Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.

Nossas Redes Sociais

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Ebook Original PlayKids

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 6 =

Mais Posts
Como criar uma rede de apoio?

Como criar uma rede de apoio?

Você sabe como criar uma rede de apoio? Essa é uma tarefa fundamental para os pais. Isso porque é ideal que eles tenham ajuda de um grupo de pessoas com quem contar. Contudo, ter uma rede de apoio nem sempre é tão simples. Leia mais: Por que criar crianças...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest