logo-playkidsapp
Promoção Dia das Crianças

7 dicas para a felicidade em família

por | dez 15, 2020

Final do ano traz sempre fechamentos de ciclo e expectativas para o ano que em breve iniciará. Com isso, é comum que estabeleçamos novos objetivos e planos que serão iniciados no ano futuro, visando sempre a felicidade em família

De fato, vislumbrar os planos futuros é muito positivo, mas pesquisas mostram que a prática da felicidade está mais concentrada em agradecer pelo que já conquistamos do que almejar o que ainda não temos. 

Independentemente de religião, ou crenças, o agradecer está intrinsecamente relacionado com o quão satisfeitos nos sentimos. Ainda mais em um mundo que incentiva a todo momento o consumo, o padrão de beleza e a família perfeita. Afinal existem milhões de expectativas, que são inalcançáveis. 

Padrões de felicidade em família

Em um mundo que sempre nos mostra o que temos que melhorar e reforça o quão inadequado somos, o agradecer vem para quebrar esse paradigma. Nesse sentido, quanto antes começarmos a prática, antes nos sentiremos menos vulneráveis às cobranças. 

Por esse motivo, reunimos algumas dicas para que famílias comecem o hábito de agradecer:

1. Observe os momentos preciosos do seu dia

Pode ser aquele abraço do seu filho ou filha, aquela xícara de café ou até o dia lindo que abriu. Observe atentamente esses detalhes e suas sensações. Abra seu corpo para sentir a brisa quente, o gosto do alimento ou o cheirinho do seu filho. Afinal, quanto mais percebemos que esses momentos são fugazes, mais valorizamos o agora.

2. Agradeça pelo seu dia

Antes de dormir, tente recordar um momento lindo que teve durante o dia, e agradeça por ele. Verbalize, mentalize, o que for mais fácil para você, mas se concentre nesse momento e agradeça.

3. Pratique a generosidade sempre que puder

Tente ser solidário e pratique a gentileza sempre que puder. A generosidade pode vir de várias formas. Seja através de uma conversa naquele momento que a pessoa precisa, uma ajuda extra no trabalho ou na escola. Com a doação de tempo, recurso, presente, roupas ou até fazer um bolo gostoso e dar para um desconhecido. 

4. Agradeça às pessoas pelo tempo dedicado

Procure agradecer pelas trocas. Seja um favor que seu amigo fez, a aula que seu professor terminou, um tempo que um colega de trabalho se dedicou, um esforço de seu filho. Agradeça e reconheça.

5. Troque escolhas materiais por experiências

Ao invés de dar presentes materiais, procure dar experiências que unam e provoquem emoções positivas. Essa é uma das formas de escapar do materialismo, e ver que vivenciar pode ser mais positivo que ter.

6. Reclame menos

Tente ponderar suas reclamações, principalmente na frente de seu filho. Procure trocar o motivo da reclamação por uma atividade de boas práticas.

7. Se exija menos

Tente não se cobrar ou se criticar tanto, principalmente na frente dos filhos. Sabe aqueles comentários de “preciso ser mais magra”, “preciso ganhar mais dinheiro”? São eles que reforçam um padrão de imagem que não necessariamente é baseado em felicidade. Tente não passar essa auto-cobrança para as crianças, isso fará bem para todos os envolvidos.

Leia mais: 

Categoria:
Família
Escrito por Nathalia Pontes

Escrito por Nathalia Pontes

Mestre em Psicologia da Educação pela PUC-SP e escritora de livros infantis, acredita que aprender é uma combinação entre autoconhecimento, troca e curiosidade pelo novo. É apaixonada por educação e tecnologia.

Nossas Redes Sociais

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Promoção Dia das Crianças

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + cinco =

Mais Posts
A importância de cuidar de quem cuida

A importância de cuidar de quem cuida

Você conhece a importância de cuidar de quem cuida? A chegada da pandemia causada pela Covid-19 trouxe diversos problemas. Aumentaram as taxas de doenças mentais entre pais, por exemplo. Também foram afetadas as crianças que tiveram que passar maiores períodos em...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest