logo-playkidsapp
Fun Friday PlayKids - A diversão tá ON e o preço tá OFF! 17% OFF no plano anual

3 dicas divertidas para praticar a gentileza em família

por | out 16, 2021

Você já recebeu uma mensagem gentil de alguém que te ama? Já? Então você sabe que a sensação é muito bom e transforma nosso dia em algo melhor. Já pensou em tornar a prática do elogio e da troca de carinho algo recorrente, em casa, ensinando ao pequeno o valor da empatia e da gratidão? Confira algumas dicas simples e divertidas para praticar a gentileza em família!

1. Surpresas

A ideia aqui é pensar em algo diferente a cada brincadeira, de preferência inesperado. Já ouvi histórias de mães e pais que durante a madrugada prepararam a mesa do café com o tema do personagem predileto, fazendo a casa amanhecer em grande festa. Também ouvi o relato de uma avó que foi surpreendida pelos netos com palavras que representavam o que sentiam por ela, como “linda”, “doce”, “esperta”.

Vale também pensar em uma comida diferente para o jantar, uma sessão de filmes, uma leitura de conto em família, algo que varie de mês a mês. O importante é sempre a atividade vir acompanhada com frases gentis como: “escolhi o filme que você mais gosta”, “preparei essa comida que você adora”, “hoje vou ler uma história especialmente para você”.

2. Cartas

Um jeito clássico de encher a casa de alegria e produzir novas memórias é escrever mensagens de amor. Em tempos de mensagens curtas no WhatsApp, que tal um passeio pelo texto escrito a mão, em pedaços de papel colorido? A ideia é simples: todos os membros da família escrevem cartinhas curtas e trocarem entre si. Para inspirar vocês, aqui vão algumas dicas de temas para as cartas de gentileza em família:

  • Um elogio a uma conquista da pessoa;
  • Uma mensagem de incentivo para um novo projeto ou um novo ano escolar;
  • Uma colagem de revista ou desenho, mostrando que você sabe do que a pessoa gosta;
  • Um simples elogio, como “adoro seu sorriso!”;

Aqui a única coisa essencial é ser positivo e gentil, pensando em como a pessoa vai se sentir feliz ao abrir o recadinho. Para o seu pequeno, a atividade vai ter dupla função. Ensiná-lo a ser empático e amoroso e ao mesmo tempo ver as pessoas de casa sendo amáveis umas com as outras. Criando uma imagem de um lar amoroso e fortalecendo seus sentimentos.

3. Jogo do elogio

Essa dica é para as famílias que gostam de uma roda de conversa e de uma brincadeira em conjunto. O jogo é simples e tem apenas duas regras:

  • Uma pessoa fica em destaque, na roda. Os demais familiares tem que dizer um elogio a ela, sem repetir o elogio que o outro já fez.
  • Caso a pessoa se perca no pensamento para buscar um elogio, ela pode trocar por uma lembrança divertida ou emocionante que ela tem do seu familiar.

Não há perdedor e nem vencedor, afinal não é a proposta. O jogo acaba com uma rodada de petiscos e um filme gostoso ou algo que seja igualmente aconchegante. Claro que as dicas aqui são apenas algumas das formas de demonstrar amor e carinho. A ideia é soltar um pouco o diálogo e favorecer momentos que aos poucos se tornarão parte de todos os dias. Mostrando ao pequeno que o amor ainda é o melhor caminho para viver em comunidade e a gentileza em família é a construção para isso. 

Leia mais:

Categoria:
Família
Escrito por João Godoy

Escrito por João Godoy

Editor de conteúdo na PlayKids, roteirista e produtor de conteúdo apaixonado por narrativas, personagens e o papel do storytelling no desenvolvimento infantil.

Nossas Redes Sociais

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Ebook Original PlayKids

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + seis =

Mais Posts
Como criar uma rede de apoio?

Como criar uma rede de apoio?

Você sabe como criar uma rede de apoio? Essa é uma tarefa fundamental para os pais. Isso porque é ideal que eles tenham ajuda de um grupo de pessoas com quem contar. Contudo, ter uma rede de apoio nem sempre é tão simples. Leia mais: Por que criar crianças...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest