Como lidar com a ansiedade na volta às aulas?

jan 18, 2022 | Crianças

Os melhores conteúdos para sua criança? Tudo bem, é PlayKids! Acesse o app!

O retorno à vida normal está acontecendo gradativamente após a chegada da vacina contra o Coronavírus. Porém, é preciso concordar que, após muito tempo em isolamento, o contato social ficou comprometido. E até as crianças sofrem com isso, já que muitas não sabem como lidar com a ansiedade na volta às aulas.

As crianças têm apresentado quadros de ansiedade, depressão, pânico e até queda no rendimento escolar após o retorno presencial das aulas. Por isso, saber como evitar esse sofrimento é fundamental para que os pais possam contribuir positivamente na vida dos filhos e evitar traumas.

Neste artigo, você vai poder saber mais sobre como lidar com a ansiedade na volta às aulas de uma maneira positiva. Acompanhe!

Leia mais:
Meu filho não quer voltar para a escola. E agora?
6 hábitos que melhoram a rotina das crianças
Como planejar viagens com as crianças?

Síndrome da gaiola: você sabe o que é?

A Síndrome da Gaiola é um termo usado para o que acontece na atualidade com essas crianças e adolescentes estudantes. É justamente o medo de voltar a socializar.

O curioso é que, apesar de esperarem ansiosamente pela volta às aulas, elas, ao mesmo tempo, sentem-se inseguras na hora de interagir com outras crianças. Não são todas elas que se sentem prontas para conviver em sociedade.

Segundo psicólogos, a ajuda dos pais e cuidadores nesse momento é fundamental. São eles que vão dar suporte e ajudar a amenizar essa situação que, por ser delicada, exige alguns cuidados e formas corretas de lidar.

Entenda como lidar com a ansiedade na volta às aulas

Algumas atitudes dos pais podem parecer simples, mas fazem a diferença no desenvolvimento da criança e na saúde mental também. A seguir, listamos as mais importantes:

1. Sempre pergunte como a criança se sente

O primeiro passo para saber como lidar com a ansiedade na volta às aulas é ouvir os “protagonistas” dessa história.

Perguntar como seu filho se sente é importante. Assim ele entenderá que você está ali com ele, passando segurança para o caso de ele querer desabafar.

Para manter esse vínculo de confiança, sempre valide os sentimentos da criança. Diga que entende como ela se sente, que ela tem o direito de se sentir assim. Mas, ao mesmo tempo, ajude-a a entender o que causa essa sensação. Desta forma vocês conseguirão conversar sobre como evitá-la ou amenizá-la.

2. Explique como será a rotina

As crianças se sentem mais seguras quando sabem exatamente qual será o próximo passo que darão no dia. Portanto, tente comunicar a ele quais serão todos os passos, dias, horários, o que ele vai fazer e que horas irá para casa.

Assim, a ansiedade tende a diminuir. Isso porque ela não vai lidar com muitas surpresas ao longo do caminho.

3. Priorize a saúde mental da criança em vez de notas

Nessa volta às aulas presenciais, é essencial dar um tempo para a criança se adaptar. Pode ser que, nos primeiros meses, as notas caiam um pouco. Ou então que ela fique mais dispersa, com dificuldades para se concentrar.

Procure ajuda caso a criança apresentar ações atípicas. Por exemplo, crises de pânico, choro excessivo ou algum sinal que diga que sua saúde mental não vai bem.

4. Ajude seu filho a enumerar as coisas positivas da escola

Para tentar amenizar ao menos um pouco a ansiedade, é bom ajudar a criança a elencar os pontos positivos de voltar à escola. Entre eles, você pode citar que ela vai rever os amiguinhos. Ou então que irá brincar com muitas crianças da mesma idade, aprender muitas coisas legais e se divertir muito.

Não se esqueça de salientar, também, que você estará sempre lá no final do dia aguardando a saída dela da escola. Assim, ela se sente segura e mais confiante para voltar.

5. Cuidado com sua própria ansiedade

Pais ansiosos frequentemente geram filhos ansiosos. Isso porque os pequenos são como uma esponja dos pais. Ou seja, eles absorvem muitos sentimentos, mesmo que você tente não demonstrá-los.

Lembre-se que cuidar de sua saúde mental também vai ajudar indiretamente na ansiedade do seu filho. Portanto, como você já demonstra preocupação em como lidar com a ansiedade na volta às aulas, fique de olho também como você lida com esse tipo de situação. Com isso, conseguirá notar se seu filho age como um espelho.

6. Caso o quadro de ansiedade persistir ou piorar, procure ajuda médica

Se você perceber que seu filho fica a cada dia mais irritado, nervoso ou ansioso durante a ida à escola, ligue o alerta e observe. Se essa situação se prolongar, não hesite em procurar ajuda de um bom psicólogo ou psiquiatra.

A terapia pode ajudar muito os pequenos nesse momento delicado que é retomar as atividades depois de um período em casa e sem contato com muitas pessoas.

7. Ajude seu filho a praticar técnicas de meditação

O mindfulness é uma técnica de meditação profunda. Ela ajuda a focar no aqui e na atividade que está sendo feita. Essa prática é uma das mais eficazes contra a ansiedade, já que ajuda a treinar o cérebro para se preocupar apenas com o momento presente. Assim, deixa de lado outras preocupações.

Quem tem ansiedade, normalmente vive preocupado com o futuro. Seja ele próximo ou distante. O mindfulness é muito eficaz para isso. Em longo prazo, ela ajuda a deixar a mente mais relaxada. Este resultado acontece pois sua premissa é de que o que se pode resolver é o agora.

Sente com seu filho e faça o exercício da vivência do agora e da atenção plena no presente. Peça que ele foque em apenas um pensamento, trabalhando a concentração no presente. Com a prática constante da meditação, ele vai aplicar esse conceito em todos os âmbitos da vida, sendo uma ótima dica de como lidar com a ansiedade na volta às aulas.

Lembre-se sempre que os pais são o porto seguro de seus filhos. Transmitir tranquilidade e calma nesse momento é fundamental para que os pequenos saibam que têm com quem contar.

Também é importante ressaltar que você está sempre à disposição para ouvir, tendo atenção plena ao que a criança tem a dizer e sempre tentar ajudá-la a encontrar o ponto positivo de cada situação. Assim, você vai ajudar a criar adultos saudáveis e confiantes.

No Blog PlayKids, você encontra tudo o que precisa saber sobre tecnologia, educação, parentalidade e desenvolvimento infantil, além dos lançamentos e novidades do PlayKids App. Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Equipe do Blog PlayKids

Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.
Leia mais
Deixe um comentário

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × 2 =

Pin It on Pinterest