banner_header

Como ensinar inclusão social para crianças?

por | jun 27, 2021

Você já deve ter ouvido falar sobre educação inclusiva. O termo significa a transformação de uma sociedade e garante a qualidade de ensino para todas as pessoas, com deficiência ou não. Mas, afinal, como ensinar inclusão social para crianças em casa? 

Primeiramente, é importante entender que ensinar sobre inclusão para as crianças é muito mais do que falar sobre aceitar as diferenças. Afinal, é fundamental trazer assuntos como cidadania, respeito e empatia para as crianças aprenderem desde cedo a acolher pessoas diferentes. 

Aprendendo pelo exemplo

A família é a principal fonte de referências para o desenvolvimento das crianças. Isso também quer dizer que os pequenos e pequenas aprendem – e muito – pela observação. Ou seja, em algumas situações as ações valem mais do que as palavras. Por isso, vale fazer uma reflexão sobre suas atitudes. Por exemplo, não sinta pena de outras pessoas e respeite vagas e filas preferenciais. 

Os pais, as mães e/ou as pessoas responsáveis devem ser exemplo de inclusão. Mesmo sem agir por maldade, algumas situações ou termos acabam surgindo sem perceber. Por isso, busque se informar sobre situações de discriminação ou exclusão. 

Os desenhos animados também servem como fonte de referência para as crianças. Com eles, é possível aprender de maneira lúdica e divertida com exemplos exibidos durante as animações. Porém, a mediação do responsável pode traduzir e ajudar a criança a relacionar o que foi aprendido. Então, ao assistir junto com a criança e conversar sobre as situações, é possível mostrar as atitudes dos personagens como exemplos.

A diferença que nos une

Crianças gostam de brincar, assistir desenhos, jogar jogos, ouvir música, entre outras atividades. Conviver com as diferenças e aprender a compartilhar o ambiente ou os brinquedos em harmonia faz com que elas aprendam a incluir colegas. Dessa forma, mesmo que haja alguma limitação ou diferença, a lição de aprendizado será o respeito e a inclusão em qualquer atividade. 

Uma brincadeira só é divertida quando todas as crianças envolvidas estão se divertindo. Então, é importante ensinar também sobre injustiças e bullying para elas que consigam se posicionar ou avisar os adultos em situações que deixam outras crianças tristes. 

Agora que você já sabe como ensinar inclusão social para crianças. Que tal praticar com a família?

Lembre-se: não fazer nada para ensinar seu filho ou filha sobre inclusão e respeito, acaba incentivando atitudes de exclusão. 

Leia mais: 

Categoria:
Desenhos | PlayKids

Escrito por Francieli Oliveira

Publicitária e editora do blog, é apaixonada por desenhos e crianças. Acredita que existem várias formas de aprender e que o desenvolvimento dos pequenos pode ser muito divertido.

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 8 =

Mais Posts
O que é paternidade afetiva?

O que é paternidade afetiva?

Quais os laços ou atribuições legais determinam o que pode ou não ser considerado um núcleo familiar? Traços genéticos, um documento assinado ou o livre arbítrio de cuidar e amar outrem como seu filho? Essa última parte define o que é paternidade afetiva. Um termo...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest