logo-playkidsapp
Promoção Dia das Crianças

10 desenhos animados para usar em sala de aula

por | ago 16, 2020

A sala de aula é um dos ambientes principais para a formação das crianças. E os professores estão sempre se desdobrando para criar uma aula interessante, gostosa e cheia de aprendizados. Enfim, sabemos que cativar a atenção dos pequenos é um desafio constante, e achar meios para ensinar habilidades socioemocionais para os alunos é sempre uma máxima nas aulas. Mas, você sabia que existem desenhos animados para usar em sala de aula?

Os desenhos são uma ferramenta importante de apresentação de conteúdos, bem como para estimular e reforçar questões comportamentais na infância, como trabalho em equipe, empatia, paciência e autonomia.

10 desenhos animados para ajudar os professores em sala de aula

Pensando nisso, reunimos 10 desenhos animados para usar em sala de aula. Todos eles estão disponíveis no PlayKids App, que possuem cunho educacional bem definido, além de serem super divertidos e falarem diretamente com as crianças. Uma lista de vários tipos de produções, justamente para adaptar-se àquele tópico e àquela turminha específica. Confira:

1. Ticolicos, em “Qual é a sua dúvida?”

Ludi, personagem principal, guia todo o enredo, cujo propósito é responder a dúvida de uma criança. Ludi então faz uma série de entrevistas com várias crianças para instigar a curiosidade sobre o assunto e depois entrevista um Expert na área para solucionar o mistério. Tudo com uma linguagem super fácil e envolvente. Os temas são multidisciplinares, posto que são dúvidas. O professor pode selecionar o vídeo que mais combina com o tema que será trabalhado em aula.

 

2. ABC e você

A série Original PlayKids apresenta diversos conceitos de vocabulário. A primeira temporada foca nas letras do alfabeto. Cada episódio é destinado à uma letra específica, e o enredo é pela associação da letra trabalhada com a letra inicial das palavras. Todos os episódios possuem músicas feitas para a faixa-etária de início de alfabetização e vocabulário condizente com o repertório da idade. Já a segunda temporada, foca em conceitos do vocabulário, como diferenciação dos pronomes pessoais, pronomes possessivos, verbos e fonéticas específicas.

3. Show da Luna

Através de lindas canções e coloridas animações, o show apresenta conceitos básicos sobre ciências e responde perguntas e dúvidas pertinentes dos pequenos. Os conceitos vão desde a terra e a atmosfera, processo de fermentação até como o avião voa. Luna tem seis anos, Jupiter, seu irmão mais novo de quatro anos, e Cláudio, o furão de estimação, apresentam os conceitos de uma maneira leve e divertida. Uma forma de incentivar as crianças durante a aula para descobrirem coisas novas através de experimentos e brincadeiras.

4. Grandes Pequeninos

Através de uma letra de música acompanhada por uma leve e gostosa melodia, a série trabalha questões socioemocionais de forma muito assertiva. Os episódios da série Grandes Pequeninos falam de diferentes emoções, aceitação, diferenças e preservação de recursos. Os professores podem reforçar pontos importantes de relações interpessoais assistindo e refletindo sobre os vídeos.

 

 

5. Mundo Bita, em “Bita e as brincadeiras”

Ideal para ampliar o universo das brincadeiras, com “Bita e as brincadeiras”, o professor achará uma maneira divertida de apresentar a brincadeira do dia. Opções não faltam, o Mundo Bita é um dos desenhos animados para usar em sala de aula com muita diversão. Nesse sentido, traz brincadeiras ideais para ambientes internos, como massinha, e também jogos e brincadeiras externas, no parquinho, de bicicleta e por aí vai. Definitivamente, uma ferramenta muito bacana para escolas de ensino infantil. Por fim, e para complementar, a série traz princípios de respeito nas relações sociais, como dividir, esperar e desenvolver espírito de equipe, aspectos que precisam ser reforçados constantemente no ensino de crianças pequenas.

 

6. Chapeuzinho de Todas as Cores

Baseado no Livro “Chapeuzinho amarelo” de Chico Buarque e Ziraldo, a série transborda brasilidade e sons típicos da nossa cultura. Logo cada episódio trata de uma questão a ser trabalhada, como os medos e as angústias. A série mostra como tais medos são recorrentes, e ensina formas de olhar a questão central do episódio por outros ângulos, e achar a autoconfiança necessária para superar os desafios.

 

7. Fairy Tales com Sosô Uribe

Visando o ensino da língua inglesa, Sosô, usando um livro bem interativo, com pop-ups e desenhos, narra contos de fadas clássicos da Literatura Infantil de forma mágica e didática, como “João e Maria”, “Os três porquinhos” e “Chapeuzinho Vermelho”, em duas modalidades: ou totalmente em inglês ou misturando inglês e português. Todos os contos são fáceis de acompanhar, e a aquisição de vocabulário é clara. Ideal para praticar a habilidade de listening dos pequenos, e ainda apresentar a literatura clássica. Dessa forma, cabe ao professor, escolher, de acordo com a turma, a quantidade de input planejada para a aula.

 

8. Eu amo aprender

A série Original PlayKids é extremamente educativa! São vários episódios para tratar diferentes temas, como datas comemorativas, rotina, idas ao médico e questões familiares. Vale o professor conhecer alguns desenhos animados para usar em sala de aula. No entanto, quero ressaltar quatro episódios dessa série que são muito bacanas para abordar a matemática:

“Vamos dividir”, que ensina o conceito de divisão de forma eficaz e amigável; “Contar até Vinte”, que apresenta os números e conduz as crianças a contarem corretamente, “Adição e Subtração”, que como o título fala, conduz as crianças ao raciocínio lógico de somar e subtrair, e “Música das formas”, que apresenta as formas geométricas básicas.

9. Mouk

Em cada episódio, você acompanha Mouk em um lugares diferentes do mundo. O bacana é que a série traz a geografia, a fauna, a flora, os sons e a cultura típica do lugar. Ideal para criar contexto para falar um pouquinho sobre história, geografia e respeito pelas diferentes etnias e culturas, além de despertar a curiosidade sobre o mundo. Os personagens são muito amigáveis e, portanto, criam fácil sintonia com as crianças e as narrativas trazem diálogos e interações propícios para a aquisição de vocabulário.

 

10. SuperHands Cientista

Com um formato diferenciado, SuperHands mostra mãos humanas que interagem com objetos reais. A narrativa se concentra em torno da ciência, apresentando materiais com um tom único de criatividade. Os episódios são cativantes e convidam as crianças a seguirem o passo-a-passo para criarem seus próprios experimentos. Assim, a criança torna-se protagonista e o episódio faz a função de mediador. Essa interação traz um aprendizado significativo e instiga a curiosidade do pequeno pelo mundo das descobertas científicas.

 

Leia mais:

Categoria:
Desenhos | PlayKids
Escrito por Nathalia Pontes

Escrito por Nathalia Pontes

Mestre em Psicologia da Educação pela PUC-SP e escritora de livros infantis, acredita que aprender é uma combinação entre autoconhecimento, troca e curiosidade pelo novo. É apaixonada por educação e tecnologia.

Nossas Redes Sociais

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Promoção Dia das Crianças

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − um =

Mais Posts
A importância de cuidar de quem cuida

A importância de cuidar de quem cuida

Você conhece a importância de cuidar de quem cuida? A chegada da pandemia causada pela Covid-19 trouxe diversos problemas. Aumentaram as taxas de doenças mentais entre pais, por exemplo. Também foram afetadas as crianças que tiveram que passar maiores períodos em...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest