Cuidados com as crianças no verão

dez 28, 2020 | Crianças

Os melhores conteúdos para sua criança? Tudo bem, é PlayKids! Acesse o app!

Este verão vai ser diferente, em muitos aspectos. Enquanto a vacinação em massa contra a Covid-19 não vem, ainda teremos restrições ao convívio normal em praias, clubes e parques. Isso deve redobrar os cuidados com as crianças no verão e limitar muito a programação.

Vale todos os cuidados que aprendemos com a pandemia: higienizar constantemente as mãos, lavando-as com água e sabão ou passando o álcool em gel; usar máscaras em locais públicos e manter o distanciamento seguro das pessoas que estão fora do núcleo familiar de convivência.

Principais cuidados com as crianças no verão:

Não podemos nos esquecer dos velhos cuidados, que protegem as crianças e salvam vidas. Cuidados que começam com a utilização do equipamento de segurança adequado nos carros, para cada faixa de peso: bebê conforto (até 13 kg), cadeirinha (de 9 a 18 kg) e assento de elevação (de 15 a 36 kg). Sejam nos deslocamentos dentro da cidade ou, principalmente, em viagens nas estradas. 

Nesta época do ano, também costumam aumentar o número de afogamentos com crianças, o que requer mais atenção dos adultos. Em piscinas e lagos, o mais seguro é colocar coletes salva-vidas adequados para crianças. As bóias oferecem uma falsa sensação de segurança e não evitam de fato os afogamentos, principalmente em rios e no mar, onde as correntes podem levar as crianças para longe do alcance e da proteção dos adultos. Nestes casos, melhor lembrar da máxima que aprendemos com nossos avós: “água no umbigo, sinal de perigo”.

O sol e a hidratação

As queimaduras de sol também são as grandes vilãs da estação. Não podemos nos esquecer de que o sol é um importante aliado da nossa saúde, fonte de vitamina D, que, entre outros benefícios, ajuda a aumentar nosso sistema imunológico. Porém, é preciso ser administrado de forma responsável para as crianças, sempre com a supervisão de um adulto. O indicado é um rápido banho de sol antes das 10 horas da manhã ou após as 4 horas da tarde. Nesse caso, o tempo de duração vai depender da região do país e do tom de pele da criança, sendo que para as mais clarinhas, não deve exceder 5 minutos.

Fora dos horários recomendados, só com protetor solar (fator 50, de preferência) e observando alguns cuidados importantes: aplicar com a pele seca e esperar a penetração natural, que pode levar até 5 minutos. A aplicação deve ser repetida a cada 2 horas ou sempre que a criança sair da água. Neste caso, precisa secar a pele antes com uma toalha. Além disso, o uso de bonés e chapéus também protege da insolação! 

Lembre-se de hidratar muito as crianças, com água, sucos de frutas, picolés ou água de coco. Evite o suco de limão, que pode causar queimaduras graves nas bocas e nas mãos. Repelente de insetos é importante, mas apenas aqueles indicados para as crianças.

Enfim, para não esquecer nenhum detalhe, assista com a família o clipe de Verão do Angelino

Um jeito divertido de aprender a prevenir os acidentes com crianças na época mais quente do ano. Então, aproveite! 

Leia mais: 

Renato Cavalher

Renato Cavalher

Publicitário e especialista em prevenção de acidentes na infância. É co-criador do personagem Angelino, o anjinho distraído, que ensina as crianças a identificarem os perigos que as cercam. Renato é nosso autor convidado e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog PlayKids.
Leia mais
Deixe um comentário

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × 3 =

Pin It on Pinterest