logo-playkidsapp
Assine agora com 15% OFF no plano mensal!

Como a tecnologia pode ajudar na alfabetização?

por | set 8, 2021

Você sabe como a tecnologia pode ajudar na alfabetização? Com a necessidade do ensino remoto, devido a pandemia, a tecnologia permitiu que a educação pudesse ser deslocada. Assim ela começou a ser levada às crianças e adolescentes, mesmo durante o período de isolamento social.

Graças a tecnologia, foi possível levar o ensino aos alunos de forma segura, garantindo a continuidade do calendário letivo.

Além disso, a internet pode ajudar na alfabetização da primeira infância. Ela contribui, por exemplo, para que pais e responsáveis possam amparar o estudo dos pequenos em casa. Por meio dela, é possível fixar o conteúdo apresentado nas escolas, ajudando no crescimento e desenvolvimento intelectual.

Dessa forma, não podemos questionar a necessidade do ensino à distância neste momento. Da mesma forma acontece com o uso de tecnologias que ajudam no desenvolvimento e formação das crianças. A seguir, veja como a tecnologia pode ajudar na alfabetização das crianças também em casa!

Como a tecnologia pode ajudar na alfabetização?

A forma como a tecnologia pode ajudar na alfabetização vai além do ensino à distância. Esta modalidade contribui apenas para que as aulas não parem durante o período de pandemia.

A alfabetização é um caso maior, acontecendo por meio do uso de desenhos e jogos, em sites voltados para o público infantil. Por isso, pais e responsáveis devem ficar atentos para o uso dessas alternativas. Elas podem possibilitar a melhora no aprendizado da sala de aula com atividades que podem ser feitas em casa.

A seguir, confira algumas formas de como a tecnologia pode ajudar na educação.

Como utilizar a tecnologia para reforçar o ensino?

As telas de celular, computador e tablets podem proporcionar diversão e aprendizado simultaneamente. Isso ocorre à medida que permitem que a criança explore novos conceitos ou reforce temas já aprendidos. Veja como a tecnologia pode ajudar na educação com algumas ações.

Estimule o pensamento após um desenho ou jogo virtual

Uma forma de reforçar automaticamente os conceitos aprendidos é questionar o que a criança extraiu de ensinamentos sobre cada conteúdo. Além disso, essa atitude estimula as crianças a traçarem um paralelo com a realidade em que vivem. Uma forma de facilitar o processo de aplicação da aprendizagem no contexto cotidiano.

Use a tecnologia para estimular atividades manuais

Outra forma de como a tecnologia pode ajudar na alfabetização é assistir desenhos que ensinam atividades manuais para serem replicadas com as crianças. Com esse tipo de exercício, o adulto expande o universo criativo dos pequenos e une o melhor dos mundos.

Gamifique as atividades diárias

As crianças estão bastante familiarizadas com conceitos como “recompensa”, “objetivo” e “fases”, presentes em diversos jogos. Ao transmitir esses elementos lúdicos dos jogos para a rotina, elas passam a realizar suas atividades de forma mais engajada.

Para isso, pais e responsáveis podem utilizar um sistema de pontuação para cada tarefa realizada ou oferecer recompensas simples. Essa é outra forma de como a tecnologia ajuda na alfabetização, com jogos que inspiram tarefas do dia a dia.

Escolha sites e aplicativos de acordo com a idade

A internet é uma porta para o mundo e para uma infinidade de conteúdos diversos. Por isso, assim como a tecnologia pode ajudar na alfabetização, o conteúdo oferecido para crianças pequenas deve ser filtrado por pais e responsáveis. Eles devem selecionar empresas sérias, que fazem uma curadoria de conteúdo, além de desenhos e jogos que, de fato, sejam direcionados para aquela idade específica.

Assim, pais e responsáveis devem identificar as páginas e sites acessados, conferir se a classificação indicativa é adequada, acompanhar se existe acesso a redes sociais e quais os contatos estabelecidos nelas.

A boa notícia é que a própria tecnologia é capaz de auxiliar nesse controle. Afinal, é possível utilizar programas de computador e ferramentas de controle parental. Eles são instalados em dispositivos usados pelas crianças, com o intuito de bloquear o acesso a conteúdos considerados inapropriados.

Além disso, é importante verificar o intuito educacional, pois a criança está muito aberta para o aprender, e quaisquer estímulos que não contemplem esse intuito seriam desperdiçados nessa fase.

Use jogos educativos

O ideal é que a inserção dos jogos na vida das crianças se dê a partir de uma lógica. É importante que elas tenham acesso a recursos que possam qualificar o aprendizado na escola. Isso é diferente de recorrer a qualquer solução que as entretenha.

Uma grande dificuldade do educador é conseguir esse equilíbrio. Em boa parte dos casos, existe o risco de o uso de jogos acabar se tornando um problema no desenvolvimento da criança, seja pela exposição a conteúdo inadequado, ou pela própria disputa de espaço entre o jogo e o aprendizado.

A solução recomendada é você atuar no controle sobre o que é oferecido para os pequenos. Jogos educativos precisam ser, de fato, ferramentas que visam o desenvolvimento intelectual desse público. É por isso que eles devem ser escolhidos com critério e, de preferência, em função das matérias escolares.

Um bom exemplo é o jogo da memória. No caso dele, a capacidade de memorização pode ser trabalhada a qualquer momento. Na realidade, quando ele se torna um desafio para a criança, esse jogo educativo se torna também um aliado para que ela reconheça com mais facilidade o significado de cada objeto e reconheça as cores. O mesmo vale para o quebra-cabeça, que trabalha a percepção a respeito de formas e padrões visuais a partir da comparação de peças e imagens.

Na leitura de hoje você pôde entender como a tecnologia ajuda na alfabetização, além de conferir algumas ações que contribuem para fixar conteúdos vistos em sala de aula e também desenvolver a educação em crianças menores.

Quer levar conteúdos educativos de qualidade para seus filhos e ajudá-los em seu desenvolvimento e crescimento intelectual? Então, conheça a PlayKids!

Leia mais:

Escrito por Equipe do Blog PlayKids

Escrito por Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.
2 e-books para aproveitar as férias com as crianças. Baixe agora.

Nossas Redes Sociais

PlayKids News

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Assine agora com 15% OFF no plano mensal!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =

Mais Posts
O desafio da defasagem escolar

O desafio da defasagem escolar

O desafio da defasagem escolar é uma questão importante a ser debatida. Seja entre educadores, líderes escolares e também pelos pais. Durante a pandemia, as escolas fecharam, os alunos tiveram contato com outro método de aprendizagem e todas essas mudanças podem...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest