logo-playkidsapp
Promoção Dia das Crianças

Por que valorizar o professor durante o ensino remoto?

por | out 13, 2020

A pandemia do coronavírus (Covid-19) trouxe muitos desafios e mudanças para a sociedade. Escritório, escola, rotina diária, treino de esportes, entre outras atividades da família, encontram-se em um mesmo ambiente. A mudança foi rápida, por isso a adaptação precisou acompanhar esses desafios no mesmo ritmo. No âmbito escolar, isso não foi diferente! Os professores precisaram replanejar rapidamente as aulas e atividades, enfrentando uma modalidade nova, tanto na sua rotina, quanto na das crianças: o ensino remoto. Explicamos aqui porque devemos valorizar o professor nesta nova modalidade de ensino. 

Quais os desafios dos professores neste cenário?

Atualmente, o debate sobre a reabertura das escolas está em alta. Foram muitos meses de desafios e, mesmo agora, ainda existe a necessidade de se adaptar a essa nova etapa de transição.

É importante valorizar e destacar o papel dos professores. Esses profissionais enfrentam os desafios “clássicos” do novo cenário mundial. Como por exemplo, ter um ambiente propício para fazer chamadas de vídeo, com uma boa qualidade de áudio e uma internet estável, organizar os horários e demandas da sua casa e da sua família, entre outros. Mas também existem os desafios inerentes à profissão: conseguir manter o engajamento dos alunos, estabelecer uma relação próxima com as famílias através da escola, ser criativo e inovador com as atividades, etc.

Valorizar o professor é fundamental

Não basta transferir o conteúdo que seria dado presencialmente nas aulas expositivas – com as participações e dinâmicas na classe – para o formato online. É preciso criar atividades que façam sentido nesse ambiente e no contexto em que estamos vivendo, incentivando as crianças a entenderem o cenário e proporcionando discussões sobre as experiências.

Como manter o engajamento dos alunos?

Um grande desafio é manter o engajamento e interesse dos alunos nas aulas: estar em casa pode trazer muitas distrações, principalmente para as crianças. Além disso, é essencial manter a participação e socialização entre os alunos da turma, criando momentos de brincadeira e interação com os colegas. Esse reconhecimento de grupo e a sensação de pertencimento, colabora para o engajamento e é super importante em um contexto de isolamento social, em que as relações humanas ficam mais difíceis.

Muitas escolas e professores ainda não tinham experiências com a educação remota, atividades em plataformas online, aplicativos, entre outros recursos tecnológicos. Dessa forma, no contexto da pandemia, eles tiveram não só que se adaptar rapidamente, mas também usar toda a criatividade e inovação para conseguirem diversificar os materiais de ensino e suas metodologias.

Para o professor, o desafio é profissional e também econômico. Além de preparar a aula que já era parte da sua rotina, precisa se organizar para ter uma internet de qualidade, recursos mínimos para gravar alguma atividade (celular, câmera, luzes, etc) e um ambiente propício para conseguir um som de qualidade. Além da habilidade técnica para lidar com recursos tecnológicos.

Mas afinal, qual a diferença entre ensino remoto e EAD?

No ensino remoto as aulas tem o objetivo de replicar, até certo ponto, a rotina da educação presencial. Mas, é claro que as adaptações necessárias devem ser feitas. Pode ser ao vivo (mais comum) ou aulas gravadas, e seguem horários agendados, como aconteceriam nas aulas presenciais. O professor prepara uma aula e um material de atividade focado naquele grupo de alunos, e a interação entre todos é parte importante do processo.

Enquanto isso, o ensino à distância – ou EAD – é uma modalidade mais conhecida atualmente. Possui uma didática e metodologia compatíveis com o ambiente virtual, materiais padronizados e recursos interativos bem estruturados. A maioria das aulas é gravada, e em alguns casos existem fóruns de discussão ou momentos específicos para interação ao vivo, com objetivo de tirar dúvidas.

Entenderam porque é tão importante valorizar o professor durante esse momento? Assim como todos nós, eles também passam por desafios e dificuldades durante a pandemia e fazem o melhor para ensinar os nossos pequenos. 

Leia mais:

Escrito por Maisa Amstalden

Escrito por Maisa Amstalden

Cientista social, especializada em licenciatura. Apaixonada por cultura, desenhos e filmes. Acredita na importância de estimular a criatividade e o contato com a arte na infância. Faz parte da Equipe de Conteúdo Digital do PlayKids.

Nossas Redes Sociais

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Promoção Dia das Crianças

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + catorze =

Mais Posts
A importância de cuidar de quem cuida

A importância de cuidar de quem cuida

Você conhece a importância de cuidar de quem cuida? A chegada da pandemia causada pela Covid-19 trouxe diversos problemas. Aumentaram as taxas de doenças mentais entre pais, por exemplo. Também foram afetadas as crianças que tiveram que passar maiores períodos em...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest