“Engolindo Árvores com os olhos”

fev 28, 2024 | Crianças, Educação & Tecnologia, Família

Os melhores conteúdos para sua criança? Tudo bem, é PlayKids! Acesse o app!

Formas de conectar as crianças com a natureza

Ideia de atividade colocada em prática em trabalho com crianças do 1º ano no município de São Paulo. A proposta é registrar a visão das árvores, de forma não estereotipada, em desenho com materiais não convencionais, como palito de dente e carvão.

A proposta foi retirada do texto da revista Avisa Lá, em que Ana Teixeira, que trabalha com crianças e adolescentes, artista plástica premiada e mestre em Poéticas Visuais pela Universidade de São Paulo, relata a ideia da atividade e seus objetivos.

Veja o depoimento de Ana:

“Ao ver árvores desenhadas pelos alunos, me incomodei com o excesso de estereótipos. Elas eram todas muito semelhantes, representadas com dois riscos como tronco e uma copa redonda. Muitas tinham as malfadadas maçãzinhas, que desde minha infância estou acostumada a ver em desenhos feitos por meninos e meninas e também por adultos. Resolvi, então, que seria uma boa ideia propor às crianças que “engolissem árvores” com os olhos para que depois, alimentadas, produzissem desenhos mais autonomamente. Propus, ainda, que elas escutassem os segredos das árvores, pois tinham muito para contar.

[…]Expliquei que, às vezes, elas sentem vergonha. Era preciso paciência, cuidado e atenção. Funcionou!”


Posted in
Revista Avisa lá #41, Sustança and tagged 2010, Ana Teixeira, artes, desenhos, estereótipo, Expressão, natureza, Observação, olhar.

“Além disso, o que conclui ser a etapa mais interessante, foi pedir às crianças que escutassem as árvores e me dissessem o que elas haviam dito”. 

Em busca de uma atividade ao ar livre com as crianças, foi decidido que não haveria opção melhor. No educandário, havia um parque com árvores de vários tipos e tamanhos, todas juntas num grande espaço. As crianças foram para lá e foi pedido que escutassem e observassem, pois depois as desenhariam em sala. Assim, a atividade foi replicada.

Os depoimentos foram espontâneos, engraçados e inspiradores:

  • “Ela falou que me ama!” 
  • “Ela falou que é minha amiga!”
  • “Que a gente vai ser amiga!” 
  • “Que eu sou linda.”
  • “O dia está muito bonito.” 
  • “Minha árvore me mandou ficar quieto!”
  • “O dia está tão belo que dá vontade de passear e sair das raízes.”

 

Veja como conectar as crianças com a natureza é fundamental para o desenvolvimento saudável. O contato estimula a curiosidade, a criatividade e o respeito pelo meio ambiente. Aqui estão algumas maneiras de promover essa conexão:

Passeios ao ar livre

Leve as crianças para passeios em parques, florestas, praias ou jardins botânicos. Explore trilhas, observe a vida selvagem e aproveite o ar fresco.

Atividades de jardinagem 

Envolver as crianças no cultivo de um jardim, mesmo que seja apenas um pequeno canteiro de ervas ou flores. Isso ensina sobre crescimento de plantas e responsabilidade ambiental.

Acampamentos

Planeje acampamentos ao ar livre para as crianças explorarem a natureza de uma maneira mais imersiva. Acampar oferece oportunidades para explorar, aprender habilidades ao ar livre e apreciar o céu noturno.

Observação de pássaros

Introduza as crianças à observação de pássaros. Forneça binóculos e guias de identificação de aves para tornar a experiência mais educativa e divertida.

Caminhadas educativas

Planeje caminhadas com foco em aprender sobre a natureza. Identifiquem árvores, flores, insetos e animais durante a caminhada.

Construção de abrigos naturais

Encoraje as crianças a construir abrigos temporários usando galhos e folhas. Isso estimula a criatividade e o entendimento sobre o ambiente natural.

Arte na natureza

Leve tintas, lápis de cor ou giz para fora e incentive as crianças a criar arte inspirada na natureza. Podem pintar paisagens, fazer desenhos de folhas ou criar mandalas com elementos encontrados ao redor.

Exploração da água

Explore riachos, lagos ou praias. Deixe as crianças brincarem na água, observem peixes e aprendam sobre o ciclo da água.

Aulas ao ar livre

 Se possível, organize aulas ao ar livre ou atividades educativas em ambientes naturais. Isso pode incluir aulas de ciências, leitura de histórias ao ar livre ou atividades físicas.

Dia da sujeira

É interessante que as crianças brinquem na lama. Que cavem buracos, construam castelos de areia. Esse tipo de brincadeira não só é divertido, mas também ajuda as crianças a se conectarem fisicamente com a terra.

É importante adaptar as atividades de acordo com a idade das crianças, além de incentivá-las a fazer perguntas e explorar de maneira independente. A conexão com a natureza contribui para o desenvolvimento cognitivo, emocional e físico das crianças.

Carol Moura

Carol Moura

Leia mais
Deixe um comentário

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 5 =

Pin It on Pinterest