Como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil?

jan 24, 2022 | Educação & Tecnologia

Os melhores conteúdos para sua criança? Tudo bem, é PlayKids! Acesse o app!

Telas e crianças costumam ser um assunto polêmico. Mas é importante saber como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil. Somente com esse assunto elas poderão ser usadas com sabedoria, auxiliando crianças e responsáveis.

Primeiramente, é possível dizer que o equilíbrio é fundamental. Encontrá-lo dentro de sua realidade pode ajudar muito seu filho a se desenvolver de uma forma saudável.

Neste artigo, você vai poder conferir como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil. Veja como encontrar a moderação na hora de utilizar com seus pequenos. Continue a leitura e saiba tudo sobre esse assunto tão importante.

Leia mais:
Como as redes sociais influenciam as crianças?
5 dicas para usar tecnologia em sala de aula
5 benefícios da tecnologia na educação infantil

A importância da tecnologia na vida da criança

Para começarmos a falar sobre como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil, é preciso analisar o contexto. Atualmente, a tecnologia faz parte da vida de grande parte das pessoas.

Por isso, é inevitável que as crianças tenham contato com celulares, TVs e tablets. Até mesmo com os dispositivos inteligentes de comando por voz dentro de casa, já que fazem parte da geração Alpha.

Mesmo que elas não fiquem presas à algum tipo de tela, elas observam os pais e já sabem como esses aparelhos são importantes e fazem parte da vida. O contato com a tecnologia, portanto, acontece mesmo que indiretamente.

Nesse sentido, ao contrário do que muitas pessoas podem imaginar, esse contato com a tecnologia é importante na vida da criança. Ela precisa ver e entender desde cedo quais são os canais de comunicação, entrar em contato com eles. Assim, elas crescem familiarizada com equipamentos que vão utilizar mais cedo, ou mais tarde.

Mas como familiarizar as crianças com as telas sem exageros?

A tecnologia, aos poucos, se tornou necessária no dia a dia da maioria das pessoas. Com a chegada da pandemia, foi possível observar ainda mais a necessidade dela. Isso porque o contato com outras pessoas foi por meio de ligações de vídeo. Além, claro, do entretenimento, que ficou por conta de lives e redes sociais.

A moderação é a chave do sucesso quando o assunto são crianças e tecnologia. É importante apresentar ao pequeno os equipamentos, deixar que eles interajam. Ao mesmo tempo, é essencial apresentar brinquedos, apostar na interação e fazer outras atividades que ajudem no desenvolvimento motor, cognitivo e social.

É importante saber, por exemplo, que a exposição à telas antes de dormir pode ser prejudicial para o sono. Por isso, deixe a tecnologia para o momento da manhã ou início da tarde. Isso acontece porque a luz emitida por elas transmite uma mensagem ao cérebro de que é dia e, portanto, não é hora de dormir. Dessa maneira, a melatonina, que é a substância do sono e do relaxamento, não é produzida. Assim, o sono demora mais a chegar.

Para ajudar os pais a ter uma ideia de como não ultrapassar o tempo permitido para as crianças, a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou um documento. Nele, há indicações sobre quanto tempo, em média, uma criança pode ser exposta à telas sem que seja prejudicial. Acompanhe a seguir:

0 a 2 anos

Nesse período, a OMS aconselha que bebês não sejam expostos à telas até 2 anos. Nessa fase, o ideal é caprichar na interação social. Isso porque ela é benéfica no desenvolvimento de habilidades interpessoais.

2 a 5 anos

Os pais podem liberar uma hora de telas para as crianças nessa idade. Mas é importante lembrar que os conteúdos sejam apropriados para a idade. Por isso, procure que seu pequeno esteja sempre sob a supervisão do responsável.

A partir de 6 anos

Segundo a OMS, crianças de 6 anos ou mais podem assistir ou ter contato com telas de acordo com o que os pais julgarem necessário. Mas a dica para evitar o uso de telas próximo da hora de dormir continua valendo, contudo.

Além disso, é importante que os pais façam um bloqueio de tudo o que não for permitido que a criança veja. Também, que sejam disponibilizados apenas conteúdos próprios para cada idade.

Como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil?

Pode parecer difícil, em um primeiro momento, encontrar esse equilíbrio de telas e interação com o mundo real. Mas depois que é estabelecida a rotina e os pais conhecem mais as preferências das crianças, fica mais fácil organizar o tempo de tela de modo saudável.

Nesse sentido, cada conteúdo é específico e vale para uma idade e fase do desenvolvimento infantil. Bons aplicativos, por exemplo, criam desenhos, histórias e brincadeiras compatíveis com cada faixa etária.

É essencial que os pais fiquem atentos às classificações indicativas de cada conteúdo. Já que elas vão trabalhar o que seu filho precisa e está desenvolvendo naquele momento. Os jogos educativos, por exemplo, são excelentes para desenvolver a memória, a rapidez de pensamento e também a criatividade.

Já conteúdos como histórias e desenhos mexem no imaginário infantil. O mundo do faz-de-conta é muito importante para que as crianças desenvolvam a criatividade, além do foco e da concentração ao prestar atenção e interagir com as histórias.

Mas o aprendizado sobre como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil não para por aí. As crianças, no devido momento, aprendem sobre números, letras do alfabeto, questões de lógica e até idiomas.

Alguns aplicativos, como o Playkids App, ainda ajudam as crianças a lidarem com a diversidade. Em alguns conteúdos, elas têm contato com culturas de diferentes países, entendem as variações de modos de ser e, principalmente, aprendem sobre respeitar as pessoas como elas são. Esse tipo de conteúdo ajuda muito a assimilar a fantasia com a realidade e torna o mundo bem mais inclusivo para todos.

Os pais têm controle total do conteúdo e do tempo

No Playkids App os pais podem até estipular um tempo máximo para que a criança assista aos conteúdos. Se os responsáveis não gostarem de algum desenho, também podem excluir da lista liberada para o pequeno e ele não aparecerá mais disponível.

Para um maior controle, é possível ainda, contar com um relatório que chega por e-mail, contando sobre tudo o que a criança aprendeu naquele mês e com quais conteúdos ela teve contato.

Saber como as telas podem ser aliadas do desenvolvimento infantil ajuda a tirar a culpa que muitas vezes recai sobre os pais de permitirem que os pequenos tenham acesso à tecnologia. A informação é uma arma poderosa e que permite a evolução rápida da criança, usando todos os artifícios saudáveis e com moderação para que ela cresça saudável, inteligente e ganhe boas habilidades ao longo dos anos.

Gostou? No Blog PlayKids, você encontra tudo o que precisa saber sobre tecnologia, educação, parentalidade e desenvolvimento infantil, além dos lançamentos e novidades do PlayKids App. Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Equipe do Blog PlayKids

Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.
Leia mais
Deixe um comentário

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dez + 15 =

Pin It on Pinterest