logo-playkidsapp
Fun Friday PlayKids - A diversão tá ON e o preço tá OFF! 17% OFF no plano anual

7 dicas para pais de primeira viagem

por | out 27, 2021

Ser pai ou mãe pela primeira vez é uma aventura sem igual. Trazer uma criança ao mundo é uma dádiva que vem com sua cota de dificuldades. Por isso, procurar dicas para pais de primeira viagem é muito comum para novos pais e mães.

Leia mais:
O que é paternidade afetiva?
Relação pais e filhos, aprendizagem para ambos
O que é educação parental?

Muitas dessas dicas, no entanto, podem soar autoritárias e inflexíveis. Não é isso que buscamos aqui. Afinal, entendemos que cada pai tem sua maneira de criar e educar os filhos. Porém, algumas dicas para pais de primeira viagem funcionam em toda situação.

É esse tipo de dica que selecionamos para você. Confira:

7 dicas para pais de primeira viagem

Da gravidez ao desenvolvimento do bebê recém-nascido, essas dicas para pais de primeira viagem cobrem pontos importantes da vida com um novo bebê.

Confira as dicas abaixo e comece a se preparar para essa aventura!

1. Faça uma lista do que precisa comprar

Mesmo que seja muito empolgante começar a comprar o enxoval do bebê, segure sua animação. Comece fazendo uma lista do que você precisa e vá comprando aos poucos. Isso porque sempre é muito mais do que imaginamos que temos que comprar. Você pode acabar com três limpadores de mamadeira nas mãos e uma mamadeira só.

Além disso, muito do que compramos pode ser comprado depois. Por exemplo, muitos pais compram pratos e talheres que os bebês só vão usar quase um ano depois. Fazer uma lista ajuda a decidir o que é ou não prioridade.

Vá fazendo as compras de acordo com o que cabe no orçamento, ao longo da gravidez. Mas tente comprar tudo antes do último trimestre. Assim, se o bebê chegar mais cedo, vocês não vão precisar fazer nada de última hora.

2. Combine as visitas pós-parto

Os primeiros meses do bebê são cansativos, e os pais sempre estão ocupados. Isso é ainda mais real nas primeiras semanas, quando pais e bebê estão se adaptando enquanto a mãe se recupera do parto. Porém, nesse período, toda a família vai querer conhecer o recém-nascido.

Combine com sua família e amigos quando essas visitas serão feitas. Marquem com antecedência e avisem se estiverem muito cansados para receber companhia. Estabelecer limites desde cedo é benéfico para todos.

3. Informe-se sobre amamentação

Essa não poderia faltar entre as dicas para pais de primeira viagem. Tudo o que nos falam sobre amamentação é, em geral, bonito e edificante. Poucas pessoas falam sobre como amamentar pode ser difícil e frustrante. Muitas mães e bebês têm dificuldades de se adaptar à amamentação e diversos problemas podem surgir.

Médicos, doulas e enfermeiros são seus melhores amigos nesse assunto. Tire suas dúvidas com eles e faça pesquisas durante a gravidez. Informe-se também sobre bancos de leite, alimentação durante a amamentação e outras questões relacionadas. Assim, caso haja algum problema, você tem o que é preciso para lidar com ele.

4. Entenda o choro do bebê

Sempre associamos o choro ao sofrimento ou à dor e, por isso, nos preocupamos muito quando bebês choram demais. Podemos pensar que estamos fazendo algo errado e não entendemos por que o bebê chora tanto. Mas bebês recém-nascidos costumam chorar bastante! O choro é o único meio de comunicação deles.

Por isso, não pense que você está fazendo algo errado porque o bebê está chorando. Com o tempo, você vai aprender qual choro é de fome, qual é de sono, qual é de cólica, etc. E, com os anos, a criança vai aprender a expressar o que ela quer de outras maneiras.

5. Aprenda a lidar com as cólicas

Uma das maiores dificuldades dos pais de primeira viagem é não saber como curar as cólicas do bebê. Muitos não sabem por que elas são tão frequentes e acreditam que tem algo de errado quando o bebê sente as dores quase diariamente.

Porém, as cólicas são apenas um resultado do sistema digestivo do recém-nascido se desenvolvendo. Lembre-se de que a alimentação do bebê era completamente diferente no útero. O processo de se acostumar com diferentes tipos de alimentos pode demorar.

Enquanto isso, aprenda maneiras de aliviar as cólicas. Colocar o bebê de barriga para baixo, fazer massagens e dar banhos em água morna pode ajudar. Caso seja necessário, converse com um médico sobre medicação.

6. Não se ofenda com os palpites

Os palpites alheios incomodam muito pais de primeira viagem. É como se ninguém acreditasse que você pode cuidar do seu filho da forma correta. Apesar de isso ser estressante, é importante dizer que muitos dos comentários não são feitos com más intenções.

Em geral, sua família e amigos só querem o que é melhor para você e o bebê. Por isso, procure não se ofender com esses palpites. Se eles não forem bons, deixe de lado e siga em frente. Afinal, você pode decidir como seu filho será criado.

Porém, sempre que for bem-intencionado, não descarte o palpite imediatamente. Você é um pai ou mãe de primeira viagem. É normal não saber se está fazendo o certo. Aceite a ajuda de outras pessoas.

7. Evite comparações

Todo ser humano é diferente, e isso não se aplica só depois da adolescência. Os bebês também têm seus próprios ritmos, reações e hábitos. Por isso, eles se desenvolvem em ritmos diferentes. Logo, não vale a pena ficar pensando porque o bebê da vizinha já falou as primeiras palavras e o seu não.

Se os exames do seu filho estão em dia, ele tem uma boa saúde e está se desenvolvendo no próprio ritmo, não há problema a resolver. Em vez de ficar se perguntando porque ele ainda fica no colo o tempo todo, aproveite esse momento. Você vai sentir falta desses momentos juntinho do seu filhote quando ele for maior!

As melhores dicas para pais de primeira viagem são sempre essas: tenha paciência, aceite ajuda e aproveite. Os primeiros meses difíceis vão passar e, com eles, muitas primeiras experiências serão deixadas de lado. Curta cada momento ao lado do seu filho.

No Blog PlayKids, você encontra tudo o que precisa saber sobre tecnologia, educação, parentalidade e desenvolvimento infantil, além dos lançamentos e novidades do PlayKids App. Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Categoria:
Família
Escrito por Equipe do Blog PlayKids

Escrito por Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.

Nossas Redes Sociais

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids
Ebook Original PlayKids

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 11 =

Mais Posts
Como criar uma rede de apoio?

Como criar uma rede de apoio?

Você sabe como criar uma rede de apoio? Essa é uma tarefa fundamental para os pais. Isso porque é ideal que eles tenham ajuda de um grupo de pessoas com quem contar. Contudo, ter uma rede de apoio nem sempre é tão simples. Leia mais: Por que criar crianças...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest