O desafio da defasagem escolar

jan 26, 2022 | Crianças

Os melhores conteúdos para sua criança? Tudo bem, é PlayKids! Acesse o app!

O desafio da defasagem escolar é uma questão importante a ser debatida. Seja entre educadores, líderes escolares e também pelos pais. Durante a pandemia, as escolas fecharam, os alunos tiveram contato com outro método de aprendizagem e todas essas mudanças podem causar uma série de lacunas na aprendizagem.

Os motivos são inúmeros. Por isso, é preciso ficar de olho para que este problema não influencie a aprendizagem no futuro.

É para ajudar você a lidar com o desafio da defasagem escolar nessa época de retomadas que listamos, neste artigo, algumas atitudes que podem contribuir positivamente para o aproveitamento completo das aulas. E, claro, respeitar o tempo de cada criança. Tudo isso sem deixar de incentivar o aprendizado.

Continue a leitura e confira!

Leia mais:
Precisamos falar sobre a saúde mental das crianças
6 hábitos que melhoram a rotina das crianças
O que é a geração alpha?

O desafio da defasagem escolar: consequências poderão ser sentidas em longo prazo

É preciso lembrar, primeiramente, que os efeitos da defasagem escolar não se estendem apenas em curto prazo para os alunos. Dependendo do nível dessas lacunas, os efeitos poderão ser sentidos em longo prazo. Isso é destacado pelo psicólogo e professor Renan Sargiani em nosso podcast. Nele, falamos sobre os desafios da defasagem escolar.

Por isso, é importante que esses pontos sejam observados desde cedo. Ao serem monitorados, é possível tratar enquanto o processo de aprendizagem é retomado.

Hoje, a tecnologia faz parte do ensino e chegou na vida dos alunos e professores abruptamente como meio único de ensino. Após a fase mais crítica da pandemia, contudo, já se pensa em praticar um ensino mais híbrido. Ele ocorre de uma forma em que o ensino à distância vai continuar fazendo parte da política de educação.

Apesar de ser um desafio para todos, alguns pontos em específico podem implicar em uma situação ainda pior. Esta, influencia direta e indiretamente no aprendizado. São as seguintes:

  • Desigualdade social. Principalmente pelas crianças com problemas sociais, que passam fome;
  • Formação comprometida dos professores. Dificuldade desses profissionais em trabalhar com ensino pelas plataformas digitais;
  • Pais que também não acompanham o aprendizado online. Não têm tempo para dar suporte aos filhos ou acompanhar durante a aula.

Como lidar com esses desafios na defasagem escolar?

A atenção dos pais em como as crianças respondem ao retorno aos estudos e também à questão do aprendizado escolar é essencial. Porém, os educadores também têm parte fundamental neste processo. Portanto, fique atento às dicas a seguir para lidar com esse desafio da defasagem escolar.

Para os professores

Focar na especialização em aprendizado pelas plataformas digitais

Os professores que desejam ter sucesso na educação online devem se dedicar aos métodos de ensino nessa plataforma. Isso porque as diferenças entre a educação presencial e online são significativas. O método exige uma renovação no processo de aprendizagem e de ensino.

Por isso, para obter bons resultados, é importante focar na qualidade do ensino online. É válido olhar também para a maneira de distribuir o conteúdo nessa plataforma.

Observar os alunos em sua singularidade

Se possível, observe os alunos de forma individual. Cada um tem dificuldades e facilidades distintas. Por isso é importante trabalhar suas particularidades.

É claro que, em sala de aula, fica difícil trabalhar individualmente com todos. Mas é importante sempre relatar aos responsáveis os déficits e os pontos altos de cada um.

Ter uma política de ensino inclusiva

Acolher o aluno em suas dificuldades também é importante para vencer o desafio da defasagem escolar. Sentir-se incluído faz toda a diferença para evitar ansiedade, estresse e até a depressão, que podem ser empecilhos para um aprendizado de qualidade.

Contato direto com os responsáveis

Sempre que for possível, entre em contato com os pais ou responsáveis para que essa troca de informações seja feita. Ela é importante porque o professor pode saber de situações que ocorreram em casa que podem ter interferência no aprendizado. Dessa forma, facilita para entender como proceder e até orientar os pais sobre como ajudar o filho.

Para os pais

Observar mudanças de comportamento dos filhos

Os pais devem estar sempre atentos às mais variadas mudanças de comportamento dos filhos. Alterações no sono, irritação em excesso, diminuição do rendimento escolar, entre outros detalhes devem ser sempre observados.

Quanto mais cedo alguma alteração for percebida, maiores são as chances de voltar à normalidade.

Ajudar nas atividades designadas para casa

As atividades escolares que devem ser feitas em casa podem e devem ser acompanhadas pelos pais. Além da ajudar o estudante caso ele tenha alguma dúvida no decorrer da lição, esse momento com os filhos ajuda a trabalhar na autoconfiança e no vínculo afetivo entre pais e filhos.

Avaliar a necessidade de reforço escolar

O acompanhamento com os filhos na hora de fazer a lição de casa é um termômetro, também, para avaliar as necessidades da criança. Ao conversar com o professor e perceber as dificuldades, pode ser que o melhor seja contratar aulas particulares para a criança.

O reforço escolar pode ser uma ferramenta importante para ajudar o aluno a chegar no mesmo nível médio da sala e conseguir acompanhar a matéria. Dessa forma, o risco de passar por uma defasagem escolar fica diminuído, já que a criança tem como tirar dúvidas e caprichar nos exercícios para intensificar o aprendizado.

Participar com atenção da reunião de pais

A reunião escolar dos filhos é um local destinado para tirar dúvidas e saber mais sobre como anda o aprendizado das crianças e quais as particularidades de cada uma em sala de aula. Por isso, é importante sempre participar desse encontro.

Procure conversar com o professor, saber como pode ajudar a estender o que foi aprendido em sala dentro de casa e qual a maneira correta de ajudar na lição de casa, por exemplo. É na reunião, também, que os educadores podem indicar algum comportamento que é sinal de alerta, necessidade de reforçar o aprendizado com aulas particulares de alguma disciplina e outros detalhes sobre o desempenho escolar.

O desafio da defasagem escolar é uma realidade a ser enfrentada tanto por educadores, quanto pelos pais. Mas com atenção e com foco na relação de professor e pais é possível vencer essa etapa que foi imposta pela pandemia e avançar nos estudos a distância com a ajuda da tecnologia.

No Blog PlayKids, você encontra tudo o que precisa saber sobre tecnologia, educação, parentalidade e desenvolvimento infantil, além dos lançamentos e novidades do PlayKids App. Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Equipe do Blog PlayKids

Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.
Leia mais
Deixe um comentário

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 + 16 =

Pin It on Pinterest