banner_header

5 brincadeiras em família para se divertir com as crianças

por | set 9, 2021

As atividades que as crianças realizam dentro de casa podem ser direcionadas. Com isso é possível estimular sua criatividade, racionalidade, entre outros. O mais interessante é quando isso acontece em forma de brincadeiras em família.

Quais os benefícios das brincadeiras em família?

Atividades educativas como os jogos de tabuleiro e de adivinhação, por exemplo, representam uma maneira inteligente de educar e ainda proporcionar momentos inesquecíveis para as crianças.

Por isso, conheça agora algumas brincadeiras em família que permitem o trabalho com a educação de maneira lúdica.

1. Pular corda

Pular corda é uma brincadeira educativa. E o que é melhor: ela exige o uso de apenas uma corda. Esse é um tipo de brincadeira que não envolve grandes investimentos e permite que a criança passe horas se divertindo.

Para o corpo, a brincadeira de corda é útil em termos de coordenação motora, concentração e energia. Só isso já faria dela uma atividade recomendada, mas além da questão física, entre os benefícios estão:

  • a cooperação;
  • a memorização;
  • a socialização.

Isso porque, dependendo da forma como a brincadeira é realizada, você pode trabalhar em grupo. Assim, a exigência é de integração entre quem bate a corda e quem pula. Também é válido brincar com músicas e coreografias que ditam o ritmo da brincadeira. Assim é possível trabalhar com a memória visual, a perceptiva e a auditiva.

Como brincar em família: procure desenvolver atividades em grupo. A cada 100 pulos, a pessoa que bate a corda troca de posição com quem pula.

2. Jogos de tabuleiro

Alguns jogos de tabuleiro podem ser brincadeiras em família. Além de excelentes passatempos, eles são bons para o desenvolvimento infantil porque lidam com questões como o raciocínio lógico, a concentração e a estratégia. Isso sem falar na interação que permitem.

Jogos como o famoso Banco Imobiliário, por exemplo, representa um clássico entre os jogos de tabuleiro. E não é por acaso. Com ele é possível trabalhar a educação financeira mesmo entre as crianças, de maneira desafiadora, envolvendo toda a família.

Com a possibilidade de jogar online, as crianças têm acesso a opções que anos atrás poderiam custar muito caro. Plataformas como a Play Kids, por exemplo, oferecem uma variedade enorme de possibilidades de jogos de tabuleiro para as crianças brincarem enquanto aprendem. São desafios que podem fazer parte da infância e ajudá-las no seu desenvolvimento.

Como brincar em família: basta reunir o máximo possível de participantes e propor o desafio.

3. Stop

Quem não se lembra de brincar de “Stop” quando criança? E o melhor: de ter o desejo de aprender cada vez mais para se sair melhor a cada jogo? É por isso que a brincadeira de “Stop” é interessante. Nela, ganha quem tem mais conhecimento, ainda que seja a respeito de temas triviais, como nomes de cores e de animais.

De qualquer forma, esta é uma das melhores brincadeiras em família. Nas versões digitais é possível trabalhar contra o tempo e participar de chats. Isso fica ainda mais interessante quando você joga com parentes mais próximos e colegas da escola.

A brincadeira de “Stop” exige rapidez de raciocínio e repertório. É por isso que mesmo quando ela é feita no papel e caneta, fica nítida a evolução dos participantes com o passar do tempo. Experimente criar o dia do “Stop”, estabelecendo um dia da semana para a atividade. Com o tempo, você verá que as crianças estão cada vez mais rápidas e preparadas para o jogo.

Como brincar em família: quanto mais pessoas, melhor. Você pode criar o dia do “Stop” e se divertir nos fins de semana.

4. Jogos de adivinhação

Alguns jogos de adivinhação são muito conhecidos e podem ser feitos mesmo sem nenhum recurso. O jogo de mímica, por exemplo, só exige que você seja capaz de imitar alguma coisa. Mesmo o jogo da forca só precisa de um lápis e uma folha de papel. Diante disso, cabe a você e às crianças usarem a criatividade.

Além disso, tem também o chamado Elefante Colorido. Funciona assim: uma criança fica diante das demais e diz: “elefantinho colorido”. Este é o comando. As outras devem responder “que cor?” e o líder escolhe uma. A partir de então as outras crianças precisam correr atrás de algo com aquela cor. Isso pode ser um objeto ou uma parte da roupa de um participante. Só vale para quem tocar a cor primeiro. Assim, os participantes que não conseguem encontrar a cor vão sendo eliminados até restar o último. Este, é o vencedor da brincadeira.

Como brincar em família: qualquer pessoa pode participar de jogos de adivinhação. O mais importante é você se esforçar para estimular a ação da criança, mesmo que para você a brincadeira pareça fácil demais.

5. Esportes com bola

O futebol, o vôlei e até a brincadeira de “bobinho” são práticas recomendadas para crianças das mais variadas idades. E são ótimas brincadeiras em família. Com o futebol é possível envolver toda a família, considerando não somente os pais das crianças, mas também os primos, tios, entre outros. O mais interessante é que você pode montar times de acordo com a quantidade de pessoas presentes. Não é necessário reunir 22 jogadores.

Já o vôlei pode perfeitamente ser adaptado para a faixa etária de cada criança. Mesmo os menores podem brincar, aprendendo as regras e os movimentos. Com bolas de plástico, elas podem passar horas jogando e se desafiando.

O “bobinho” é a brincadeira mais fácil, mas isso não quer dizer que ela não possa ser interessante. Com essa atividade é possível trabalhar a agilidade e os reflexos, bastando uma bola. Com 3 participantes, é preciso que um fique no meio tentando pegar a bola. Os demais, precisam jogá-la por cima dele e pelos lados. O “bobinho” só pode tentar tomar a bola quando ela estiver em movimento, nunca tirar das mãos os participantes. Quando alguém perde a bola, se torna o novo “bobinho”.

Como brincar em família: reúna os participantes e monte suas equipes. A partir de 4 pessoas já é possível propor o desafio.

Gostou da ideia? Então fique de olho no blog da PlayKids e confira outras brincadeiras em família.

Leia mais:

Escrito por Equipe do Blog PlayKids

A equipe do Blog PlayKids é formada por especialistas em desenvolvimento infantil, educação e tecnologia, parentalidade e educação.

Mais lidas

Conheça o PlayKids

O que é PlayKids App?
Qual a importância dos aplicativos educacionais?
Você sabe como funciona o PlayKids?
Saiba como assinar PlayKids

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + dez =

Mais Posts
O que é paternidade afetiva?

O que é paternidade afetiva?

Quais os laços ou atribuições legais determinam o que pode ou não ser considerado um núcleo familiar? Traços genéticos, um documento assinado ou o livre arbítrio de cuidar e amar outrem como seu filho? Essa última parte define o que é paternidade afetiva. Um termo...

Ei, quer receber nossas
novidades toda semana?

E-mail cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest